Banner Lai

Acesso Rápido

O que você precisa?

Telefones Úteis


Terminam hoje as inscrições do concurso de admissão para o CMCB
Qui, 21 de Setembro de 2017 11:07
Terminam hoje as inscrições do concurso de admissão para o CMCB
.

.
Termina hoje o prazo de inscrição no processo seletivo para admissão de novos alunos do Colégio Militar do Corpo de Bombeiros. As 150 vagas, distribuídas entre 1º, 4º, 5º, 6º, 7º e 9º anos do Ensino Fundamental e 1º e 3º anos do Ensino Médio, serão disputadas por mais de 6 mil candidatos já inscritos. Quem quiser que seu filho participe do processo seletivo ainda pode fazer a inscrição até as 16h de hoje, na sede do CMCB, situada na Rua Adriano Martins, 436, bairro Jacarecanga. O valor da taxa de inscrição é de R$ 25,00 (vinte e cinco reais), que deverão ser pagas na tesouraria do colégio. O requerimento de inscrição deverá ser acompanhado dos seguintes documentos:
.
a) Cópia autenticada em cartório da certidão de nascimento do candidato; b) Declaração original comprovando a escolaridade atual, inclusive dos alunos da Creche Escola Castelinho Vermelho, conforme o item 15.7 deste edital; c) 2 (duas) fotografias 3x4, de frente, busto, cabeça descoberta, constando a data posterior a julho de 2017, na parte inferior até a altura do ombro, não sendo aceitas fotos reproduzidas através de “scanner”, “fotocópia colorida” ou qualquer outro meio eletrônico similar; d) Recibo de pagamento da taxa de inscrição, devidamente carimbado e assinado pela tesouraria do CMCB; e) Cópia autenticada da Identidade do pai ou responsável legal pelo candidato dependente de Militares de outras Forças e pelos candidatos dependentes de civis da comunidade em geral; f) Cópia autenticada da identidade funcional e do último extrato de pagamento do mês julho, expedido pelo Governo do Estado do Ceará, do responsável legal pelo candidato dependente de Bombeiros Militar, Policial Militar, Policial Civil ou integrante de carreira da Perícia Forense do Estado do Ceará; g) Cópia autenticada da decisão judicial que determine a guarda para o responsável de candidato às vagas de dependentes de Bombeiros Militar, Policial Militar, Policial Civil ou integrante de carreira da Perícia Forense do Estado do Ceará que não sejam filhos biológicos.
.
Do total de vagas, serão 122 vagas para as turmas do Ensino Fundamental e 28 para o Ensino Médio. Destas, 50% serão destinadas aos candidatos aprovados que sejam comprovadamente dependentes de militares do Corpo de Bombeiros Militar do Estado, militares da Polícia Militar do Ceará, Policia Civil de carreira do Estado do Ceará e integrantes de carreira da Perícia Forense do Estado do Ceará – PEFOCE. As demais vagas serão ocupadas pelos demais candidatos classificados dependentes de civis e de outras forças militares, observando-se o turno e a ordem de classificação no processo seletivo.
.
O processo seletivo consiste em um exame de conhecimentos com conteúdo dos anos escolares anteriores ao solicitado na inscrição. Ao todo, as provas dos candidatos do 1º, 4º e 5º anos do Ensino Fundamental terão 10 questões de língua portuguesa e 10 questões de matemática. Já para os candidatos do 6º, 7º e 9º ano do Ensino Fundamental e do 1º e 3º anos do Ensino Médico, as provas serão objetivas com respostas de múltipla escolha, sendo 15 questões de língua portuguesa e 15 de matemática.
.
A divulgação do resultado dos candidatos classificados e classificáveis será feita no dia 1 de dezembro no site do CBMCE: www.cb.ce.gov.br. A matrícula dos aprovados acontecerá entre os dias 11 a 15 de dezembro, na sede do colégio.
 
Bombeiros debelam incêndio em residência em Limoeiro do Norte
Qui, 21 de Setembro de 2017 11:23

Bombeiros debelam incêndio em residência em Limoeiro do Norte


A guarnição do Corpo de Bombeiros de serviço no município da região de Jaguaribe foi acionada ontem, por volta de 16h50 por conta de um incêndio em imóvel residencial localizado no centro da cidade. Em poucos minutos, a guarnição composta pelo subtenente Reis, pelo cabo Freitas e pelo soldado Laércio, sob o comando do subtenente Costa Júnior, chegou ao local.

“Quando chegamos, havia uma certa aglomeração de pessoas em frente à casa, que parecia abandonada, pela aparência desgastada de portas, janelas e paredes. O fogo vinha da parte de trás do imóvel, numa espécie de quintal, próximo à margem seca de um rio. Havia uma aglomeração de carnaúbas, onde o incêndio se concentrava”, explica o comandante da guarnição.

A guarnição se serviu de uma linha de mangueiras para combater as chamas que já se espalhavam pelo quintal. Paralelamente, providenciaram o resfriamento da parede comum entre o imóvel afetado e o vizinho, de forma a reduzir o risco aumento dos danos. Concluído o processo de revolvimento do material combustível, para dissipar o calor acumulado e evitar uma eventual reignição, a equipe deu o trabalho por encerrado, sem vítimas nem danos materiais significativos.

 
CBMCE atende dezenas de incêndios em vegetação por dia
Ter, 19 de Setembro de 2017 15:54

CBMCE atende dezenas de incêndios em vegetação por dia

.


.

“Do início do serviço até o momento, somente em ocorrências de fogo no mato, temos 22 registradas. Vários ABTs no combate”, relatava o oficial do Corpo de Bombeiros de serviço na Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), no último sábado, quatro horas após assumir o serviço. E como os incêndios em vegetação podem se alastrar por áreas que se medem em hectares, esse tipo de combate drenou a força de trabalho da Corporação por todo o dia. “No momento, 15 ocorrências de fogo no mato. ABTs no combate”, informava às 18h o mesmo oficial em grupo de comunicação interna dos bombeiros.

.

Desde o mês de agosto, o incêndio em vegetação disparou em todo o estado. Se de janeiro a julho deste ano, as estatísticas das Ciops registram 507 ocorrências de incêndio em vegetação em todo o estado, só em agosto houve 441, uma média de mais de 14 por dia. O clima mais seco, meses após o fim da quadra chuvosa, apenas torna mais fácil a disseminação do fogo pelas áreas verdes. Mas é a ação humana, intencional ou não, que desencadeia virtualmente todas as ocorrências desse tipo no Ceará. “Um incêndio que surge de forma espontânea é um fenômeno muito raro de ser observado na natureza, pois só ocorre em condições bem específicas. Nos locais em que há grande acúmulo de matéria orgânica, como lixões e pântanos, ocorre a lenta formação do gás metano, que é inflamável, devido à fermentação realizado pelas bactérias decompositoras. Porém, como a maioria dos incêndios que atendemos acontecem em locais bem diferentes deste perfil, é possível dizer que nossas ocorrências raramente se iniciam sem a ação humana”, explica o primeiro-tenente José Guilherme Veras Neto, mestre em química.

.

Mas se engana quem acha que o conhecido toco de cigarro despejado em canteiros e terrenos baldios seria um vilão relevante nessa história. Em cursos de especialização em combate a incêndio florestal, é muito comum a prática de tentar induzir fogo no mato por meio de restos de cigarro acesos, a título didático. Os resultados são pífios. Por mais ressecada que esteja a vegetação, não se consegue desencadear o incêndio dessa forma.

.

É o velho hábito de queimar material indesejável de quintais e terrenos que se revela, na prática a maior ameaça. “É muito comum que o homem queira se livrar de grande quantidade de lixo queimando-o. Nessa época do ano, a ausência de chuvas, o tempo seco e a alta temperatura favorecem o aumento do número desse tipo de ocorrência, em que o incêndio começa em um monturo, mas acaba se espalhando fora de controle para as vegetações ou residências que estejam próximas. Essa prática é muita perigosa e deve-se evitar queimar lixo, procurando o descarte seguro”, propõe o tenente Guilherme.

 

 
Bombeiros prendem dupla que ateava fogo em vegetação em Santa Quitéria
Qua, 20 de Setembro de 2017 11:21

Bombeiros prendem dupla que ateava fogo em vegetação em Santa Quitéria


A guarnição do CBMCE de serviço em Canindé prendeu em flagrante dois indivíduos que ateavam fogo em vegetação às margens da CE-257, no início da noite desta terça-feira. Eles foram autuados pelo crime de incêndio, previsto no artigo 250 do Código Penal brasileiro.


“Voltávamos de uma ocorrência em Santa Quitéria quando nos deparamos com três indivíduos pondo fogo às margens da estrada. Paramos, perguntamos o que estavam fazendo, por que estavam ateando fogo ali e eles disseram que estavam cumprindo ordens do patrão. Após apagar o fogo, levamos dois deles e o patrão para a delegacia. O terceiro fugiu” explica o tenente-coronel Antônio de Sousa Júnior, comandante do quartel de Itapipoca.


Segundo o oficial, o proprietário do terreno alegou ter mandado queimar a vegetação porque, se não o fizesse, os romeiros que passam em grande quantidade pela estrada nessa época do ano acabariam fazendo por conta própria. “Expliquei para ele que, se não bastasse o fato de a conduta se enquadrar num tipo criminal, estávamos diante de uma ação extremamente perigosa. O fogo sem controle, e quando vimos as chamas já estavam bem altas, pode acabar liberando faíscas numa rodovia por onde circulam muitos veículos que transportam combustível. Além disso, se as chamas se alastram, há grande risco de prejudicar a visibilidade dos motoristas”, rebateu o tenente-coronel.


Conduzidos para a Delegacia Regional de Polícia Civil de Canindé, eles foram autuados em flagrante e liberados após pagar fiança.

 
Bombeiros do Ceará concluem Curso de Especialização em Salvamento em Altura no Distrito Federal
Sex, 15 de Setembro de 2017 19:34
Bombeiros do Ceará concluem Curso de Especialização em Salvamento em Altura no Distrito Federal
.

...
Na aridez do Planalto Central, os ventos sopram mais forte nessa época do ano. É o clima ideal para o voo das águias. Não à toa, foi justamente entre agosto e setembro que o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal realizou o tradicional Cesalt, o curso que forma bombeiros especializados em salvamento em altura. Dos 24 militares de cinco CBMs que começaram o curso, 18 alcançaram o título de especialistas em cerimônia realizada ontem, no Centro de Treinamento Operacional do CBMDF. Entre eles estavam o primeiro-tenente Danillo Cidreira dos Santos de Almeida e o subtenente Genivan Batista de Andrade, militares do CBMCE.
.
"O curso, pra mim, foi um grande aprendizado, tanto profissional quanto de vida. É uma experiencia singular fazer um curso em outro estado, ter outra vivência, respirar outros ares em relação a estrutura, a padrão, a metodologia de ensino, a equipamento. Deu uma ideia mais clara do que a gente tem a aprender, do que podemos melhorar", avalia o tenente Cidreira, que concluiu o curso na quinta colocação e planeja colaborar para a replicação do Cesalt no Ceará.
.
De 4 de agosto a 14 de setembro, os participantes enfrentaram 180 horas aulas, distribuídas entre disciplinas como técnicas de salvamento e resgate, conhecimento e utilização de materiais e equipamentos metálicos e sintéticos para resgate em altura, segurança nas atividades de salvamento, avaliação da cena e abordagem do suicida, entre outras. Além dos representantes do CBMCE, concluíram o curso 13 do CBMDF, 2 do CBMMS, 1 do CBMMG e 1 do CBMSE.
.
Para a escolha dos militares do CBMCE foi realizado um teste de avaliação física entre os militares. Após a seleção foi realizado um teste prático de habilitação já no CBMDF, que consistia em realizar alguns nós em um tempo determinado e realizar um circuito com subida e transposição de nó.
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL

Serviços

Agenda - Setembro 2017

Do Se Te Qu Qu Se Sa
27 28 29 30 31 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30

Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará - Rua Oto de Alencar, 215 Centro - Cep 60.010-270, Fortaleza/Ce

Fone: (85) 3101.2219 / Horário de atendimento: 08h às 12h - 13h às 17h

© 2008 - Governo do Estado do Ceará. Todos os Direitos Reservados